Depressão, a Doença da Alma - Pr. Edevir Peron

EBDweb, Escola Dominical na Web

INTRODUÇÃO

A depressão é uma realidade em todos os tempos, principalmente nesses últimos anos, onde essa doença tem avançado muito. Mas o que fazer para vencê-la, de onde ela procede, quais são as causas, onde esta a solução? É o que veremos neste estudo.

I. AS CAUSAS DA DEPRESSÃO

Depressão; o que é?

Veremos em primeiro lugar o que é esse mal chamado depressão e o que significa esse termo.

Definição do termo.

A palavra depressão é originaria do latim (depressione), e traz em si os seguintes significados:

1. Ato de deprimir(-se).

2. Abaixamento de nível resultante de pressão ou de peso.

3. Baixa de terreno.

4. Diminuição, redução.

5. Anat. Achatamento ou cavidade superficial.

6. Astr. Distância angular, medida sobre um círculo vertical, entre um ponto da esfera celeste abaixo do horizonte e este último; altura negativa.

7. Econ. Período de declínio acentuado no nível da atividade produtiva e do emprego.

8. Med. Diminuição de função fisiológica.

9. Psiq. Distúrbio mental caracterizado por adinamia, desânimo, sensação de cansaço, e cujo quadro muitas vezes inclui, também, ansiedade, em grau maior ou menor.

10. Fig. Abatimento moral ou físico; letargia.

[Dicionário português Aurélio]

Estamos vendo ai o significado da palavra depressão nos seus diversos sentidos; e agora veremos as causas da depressão.

As causas da depressão.

Há alguns elementos que pode levar as pessoas á depressão, mas nem sempre é assim. Às vezes a depressão vem através de um problema como: frustração, medo, ódio, angustia, solidão, decepção etc. mas estes são fatores que fazem despertar a depressão, e fazem com que ela se manifeste. Porem, muitas vezes conhecemos pessoas que passam por todos esses problemas e muitos outros, e nunca entram em depressão. Enquanto existem outras que não passam por essas dificuldades, contudo são depressivas. A depressão é algo que nasce no âmago do ser humano; e às vezes, ela já esta em desenvolvimento, e então qualquer coisa que mexa fortemente com a emoção, a depressão se manifesta; e daí para frente haverá uma progressão, e ai é que se deve ter o maior cuidado, porque é como se fosse um câncer, quanto mais se espera, mais se alastra.

Falo agora por experiência própria, porque já fui depressivo. Com treze anos de idade entrei em uma depressão terrível. Morava com meus pais, que eram agricultores; não éramos ricos, mas também não muito pobres; tínhamos o suficiente para viver uma vida tranqüila, morando em um sitio, longe da agitação e complexidade da vida na cidade, mesmo assim comecei a me sentir nervoso, e uma angústia no meu coração, a vida perdeu o valor para mim, sentia medo e desespero, qualquer coisa me aborrecia, sentia grade angustia, ao ver o entardecer parece que tudo ia se acabar; é horrível!   Parece que essa sensação de angustia atrai outras enfermidades, comecei a sofrer algumas delas. Meus pais faziam tudo para me ver curado, ninguém da família eram crentes, não havia ninguém para falar de Jesus para nos, não tínhamos acesso a bons médicos, e as coisas iam se agravando cada vez mais. Meus pais me levaram a um farmacêutico da região, os medicamentos que ele me receitou ajudaram, mas o que me fez esquecer os problemas preocupações e medo foi uma coisa bem simples; aquele homem tinha alguns canários do reino que se reproduziam em cativeiro, e enquanto estávamos por ali, eu observava com atenção aqueles pássaros tratarem dos seus filhotes, e ele e meu pai observavam aquilo, e perceberam que estava ali algo que ia me ajudar; aquele homem me deu um canário, e meu pai comprou outro para fazer o casal; e eu fui para casa cuidar daqueles bichinhos, tratar e fazer o ninho para eles criarem, e assim comecei a esquecer a tristeza e a angustia, e pude viver e trabalhar. Mas confesso que a cura total só aconteceu quando entreguei a minha vida a Jesus, aceitando-o como meu salvador; e daí para frente, adeus depressão! 

Olhando para a Bíblia, também podemos ver homens que passaram por depressão terrível. Um caso deste bem conhecido é o de Elias, profeta de Deus, homem temente e obediente, mas que não escapou de ser atingido por esse mal. Mas será que existiu uma causa para Elias entrar em depressão? Creio que não; porque a ameaça de Jezabel não seria problema para um homem de Deus como aquele; ate mesmo porque ele já tinha passado por situações piores e mais perigosas do que aquela; como é o caso de entregar a mensagem de Deus ao ímpio rei Acabe 1Rs 17.1; também em ter que viver escondido três anos e meio Tg 5.17; com o rei a sua procura 1Rs 18.10; depois ter que se apresentar ao rei e lhe entregar a nova mensagem 1Rs 18.1; imagine quando ele estava diante da multidão e dos profetas de baal no monte Carmelo 1Rs 18.19-40; diante o perigo e o risco de vida que passou aquele homem, nunca mostrou desanimo ou depressão. E agora pela ameaça de uma mulher ímpia aquele homem de Deus foge para o deserto e procura a morte 1Rs 19.4; e mesmo depois da visita do anjo, e do alimento por este fornecido, a depressão continua; no monte horebe entra em uma caverna, e mesmo ouvindo Deus falar parece que pretende La ficar 1Rs 19.9-14.

Acredito plenamente que a depressão é uma doença da alma, atingindo assim também ao corpo físico.  Tomando Elias como exemplo, não foi nenhuma causa exterior que o levou a estar naquela situação; mas sim um desanimo e falta de fé que surgiu no profundo da sua alma. Talvez ele esperasse que depois das grandes proezas que pela graça divina teve diante do povo, ele esperava a conversão daquela nação, inclusive do rei e sua família. Como isso não aconteceu, pensando que só restava ele de profeta do Senhor, e sendo o único procuravam tirar a sua vida; acredito que sua decepção foi com o próprio Deus, na sua avaliação o povo de Deus tinha se acabado, e as grandes promessas de Deus caído por terra; ele estava decepcionado e desanimado, e isso estava no seu próprio intimo.

Podemos observar que o maior índice de depressão não esta entre os da classe mais pobre, que precisam trabalhar duro para ganhar o pão, não tendo muitos recursos, estudo e saúde; mas esta entre os ricos e poderosos, com grau de escolaridade superior, tendo a sua disposição os melhores médicos e psicólogos. Assim entendemos que a depressão é algo que surge de dentro para fora, e não de fora para dentro.

II. REAÇÕES NATURAIS DIANTE DA DEPRESSÃO

São várias as reações das pessoas que sofrem depressão; depende de cada pessoa e do tipo de depressão. A primeira coisa que aparece em geral é uma sensação de medo e insegurança, o depressivo não confia em nada nem em ninguém. É por isso que a tendência do depressivo como vimos na lição é fugir, esconder-se, desistir. Como conhecedor com experiência própria como sou, digo que a principal tendência do depressivo é sumir e ficar isolado de todos, desaparece a razão de viver, e o desejo é de morrer.

Exemplos bíblicos.

Temos na Bíblia alguns exemplos de pessoas que manifestaram reações de depressão; vamos focalizar um deles; João Batista: 

Seu nome no hebraico significa Favor de Deus; nasceu sob o cumprimento de uma profecia Is.40:3; Jo 1.23; Nasce em resposta a oração, Lc.1.13; Precursor de Cristo, Mt.3:11; Cheio do Espírito Santo, desde o ventre materno, Lc.1:15; Batiza a Cristo, Mt.3:15; o testemunho de Cristo acerca dele Mt.11.7-11; o que mais nos chama a atenção é o seu testemunho acerca de Jesus Mt 3.11-12; Jo. 1.26-34; 3.25-36; entendemos por ai que João conhecia muito bem quem era Jesus.

Porém, quando João Batista se encontrou preso, sofrendo, quase que abandonado e sem esperança, e assim "depressivo"; manda que se faça a absurda pergunta para aquele de quem ele tinha testemunhado publicamente: És tu aquele que havia de vir, ou havemos de esperar outro? Mt 11.3. Ai podemos ver que a duvida é que ataca em primeiro lugar a pessoa depressiva, e após a duvida vem uma serie de problemas e dificuldades.

III. ENFRENTANDO A DEPRESSÃO

O remédio para depressão: Entrega o teu caminho ao Senhor; confia nele, e ele tudo fará Sl 37.5.

Acredito que tratamento medico e psicólogo ajudam no combate a depressão, mas a cura esta com o Senhor, no confiar e esperar nele. Então em vês de se buscar recursos em tantos meios e lugares, e na maioria das vezes inutilmente; deve-se buscar em primeiro lugar a fé, porque tudo se torna possível para aquele que crer; e quando o homem consegue crer, ele tem acesso a Deus, é ai que esta a vitória para o depressivo.

Também conheço pessoas que vivem jejuando e orando, contudo são depressivas, porque será? É que não confiam plenamente no Senhor, e permanecem fechados e impossibilitados de receberem a benção.

Não concordo com muitas pessoas que dizem que todo depressivo tem demônio; mas que existe uma influencia maligna tenho que concordar. E assim sendo, a única solução é confiar em Deus e repreender esse mal, e receber a vitória em nome de Jesus Cristo.

IV. SAINDO DA DEPRESSÃO

Atendendo a voz de Deus.

Olhando ainda para Elias, ele só saiu da depressão depois que atendeu a voz de Deus. Ele já tinha recebido a visita do anjo, e comido e bebido do que este lhe serviu; já tinha ouvido a voz de Deus em Horebe, mas continuava depressivo na caverna. Somente quando atendeu a ordem de sair e se colocar na presença do Senhor para cumprir a missão que este lhe dera é que teve a completa vitória.

Para o depressivo sair desse estado é necessário em primeiro lugar confiar no Senhor para ser fortalecido: Finalmente, fortalecei-vos no Senhor e na força do seu poder Ef 6.10.

Aquele que consegue através da fé depositar toda confiança em Deus se trona inabalável: Aqueles que confiam no Senhor são como o monte Sião, que não pode ser abalado, mas permanece para sempre Sl 125.1.

Fazendo a sua parte.

O depressivo deve reconhecer que precisa reagir, porque ao contrario ele será vencido. É recomendado a quem foi vitima deste mal que após uma busca do socorro do Senhor, ele deve procurar ser otimista, vencer o pessimismo, procurar ambientes tranqüilo como: sítios onde exista muitas árvores, animais, aves, rios, lagos, cachoeiras etc.

Se enfraqueces no dia da angústia, a tua força é pequena Pv 24.10.  

Portanto levantai as mãos cansadas, e os joelhos vacilantes, e fazei veredas direitas para os vossos pés, para que o que é manco não se desvie, antes seja curado Hb 12.12,13.

CONCLUSÃO

Essa doença da alma chamada depressão é vencida para os que estão firmes em Jesus Cristo. Se a medicina não consegue detectar nem curar uma doença da alma, há quem possa fazer: Porque a palavra de Deus é viva e eficaz, e mais cortante do que qualquer espada de dois gumes, e penetra até a divisão de alma e espírito, e de juntas e medulas, e é apta para discernir os pensamentos e intenções do coração Hb 4.12.

Pr. Edevir Peron

pr_edevirperon@hotmail.com

predevir@adcorreiapinto.com.br

Publicado no site da AD Correia Pinto-SC

Comments

There are no comments yet on Depressão, a Doença da Alma - Pr. Edevir Peron.

[1] Previous: Depressão, a Doença da Alma - Ev. Luiz Henrique
[2] Next: Depressão: o mal do século?