Wordpress Themes

A Sedução das Drogas - Pr. Osiel Varela

Ef. 5.18: “E não vos embriagueis com vinho, em que há contenda, mas enchei-vos do espírito”.

Leitura Bíblica em Classe:

Provérbios 23.29-35.

Discurso - Exposição:

O choro de quem é pego pelo mal e não consegue sair dele, se espalha pala família inteira:

Para quem são os ais?

Para quem os pesares?

É uma luta de difícil disputa, entre estar e querer ser são, e nada conseguir tomado e pego pelo vício:

Para quem as pelejas?

Para quem as queixas?

Drogados ou bêbados, são presas fáceis de grupos que agem quando os encontram caídos ou andando pelas ruas, os roubam ou lhes espancam:

Para quem as feridas sem causa?

E para quem os olhos vermelhos?

Para os que se demoram perto do vinho, para os que andam buscando vinho misturado.

A concupiscência dos olhos:

Não olhes para o vinho quando se mostra vermelho, quando resplandece no copo e se escoa suavemente.

Começa bebendo socialmente e acaba na sarjeta (conheci, muitos assim)

No fim, picará como a cobra, e como o basilisco morderá.

Famílias destruídas pela vida daquele, que começam bebendo socialmente, vai descendo, até as partes mais baixas, chegando a prostituição, mesmo em locais em que se diz beber “socialmente”, onde encontrará alguma mulher no mesmo estado (A concupiscência dos olhos):

Os teus olhos olharão para as mulheres estranhas, e o teu coração falará perversidades.

Sem autocontrole, ao léu, sem noção, do que faz; vêem as paranóias, saindo do mundo real e tendo surtos mentais:

E serás como o que se deita no meio do mar, e como o que jaz no topo do mastro.

A insensibilidade do uso das drogas:

E dirás: Espancaram-me e não me doeu; bateram-me e nem senti; quando despertarei? Aí então beberei outra vez.

As pesquisas:

O NEVICI (Núcleo de Estudos sobre a Violência e a Conquista da Cidadania) realizou uma pesquisa sobre o uso de drogas durante o primeiro semestre de 2005 e contou com a participação de 1.575 alunos, sendo 1.017 do sexo feminino e 558 do sexo masculino. O questionário utilizado foi desenvolvido pela UNIFESP (Universidade Federal de São Paulo).

Os resultados apontam como maior incidência de consumo:

O álcool em primeiro lugar, seguido pelo cigarro (nicotina), que, juntamente com os medicamentos, alcançou o segundo lugar.

- 11% afirmam nunca beber;

- 80% afirmam ter o hábito de ingerir bebidas alcoólicas.

Mitos das drogas:

CUIDADO: Muitas vezes nos deparamos com cenas de programas de televisão em que a bebida alcoólica é vista como uma forma para “relaxar”, assim como o cigarro conforta quem está tenso.

O grande problema é que a bebida alcoólica é sempre motivo para “afogar as tristezas” como também para comemorar as vitórias.

INTRODUÇÃO:

As drogas são nos dias de hoje um problema de grande monta para humanidade, independente de a Nação ser rica ou pobre, da família ser abastada ou paupérrima.

Para nós que não temos nenhuma relação com este mundo se faz necessário, primeiramente apontar o que é droga.

“Abra os olhos…” O que é droga?

Segundo a OMS (Organização Mundial de Saúde), droga é toda substância que, em contato com o organismo, modifica uma ou mais de suas funções.

I - Definição de droga:

Para iniciar a lógica deste ponto pense na palavra drogaria - pelo menos em nossa região, aqui em São Paulo é termo utilizado para o comércio farmacêutico, de grande porte, a farmácia onde se vende remédios, mais que tem dimensões e porte de verdadeiros super-mercados de remédios.Porque drogaria? Por que é onde se vende drogas.

Droga é qualquer ingrediente ou substância seja ela química ou natural ou sintética que provoca alterações físicas e psíquicas numa pessoa.

As drogas naturais são obtidas em plantas e em minerais;

As drogas químicas são obtidas em farmácias (lembrando que todo medicamento é droga e faz mal se usado incorretamente);

As drogas sintéticas que são fabricadas em laboratórios.

II - Existem dois tipos de droga:

Existem drogas lícitas e drogas ilícitas.

É necessário que se esclareça um fato:

O corpo humano necessita de alimentos naturais, água pura e mais nada, para reger seu metabolismo em perfeitas condições.

a-As drogas lícitas são substâncias que podem ser produzidas, comercializadas e consumidas sem algum problema. Apesar de trazerem prejuízos aos órgãos do corpo são liberadas por lei e aceitas pela sociedade.

São consideradas drogas “lícitas” qualquer substância que contenha álcool, nicotina, cafeína, medicamentos sem prescrição médica, anorexígenos, anabolizantes e outros.

Entre estas se encontram, por exemplo, os psicotrópicos.

a-1-O que são os psicotrópicos?

São medicamentos, ervas, chás, flores, raízes e todas as substâncias que atingem o sistema nervoso central, alterando o funcionamento mental e emocional.

É muito antiga a tendência humana de buscar substâncias que são produzidas fora do corpo para aliviar a dor, relaxar, confortar e principalmente proporcionar a sensação de prazer.

Para ter conhecimento acerca das conseqüências promovidas pelas drogas lícitas pode-se iniciar relatando que, ao depositar qualquer substância no organismo cria-se nesse, necessidades falsas, alterando todo o funcionamento físico e psíquico.

Podemos citar:

Ataque cardíaco, doenças respiratórias, enfisema, câncer, impotência sexual, alterações na memória, perda do autocontrole, gota, rompimento das veias, danos no fígado, rins e estômago, cirrose hepática, úlceras, gastrites, irritabilidade, dor de cabeça, insônia, ansiedade, agitação e outros.

As drogas “lícitas” mais consumidas pela população em geral, são as seguintes:
-álcool, esta droga é considerada como “lícita”, no entanto é condenada pelas próprias autoridades (leia abaixo), ao reconhecerem que os seus usuários não têm condição de sanidade psico-motora para conduzirem veículos, sob a pena de serem presos quando flagrados sob o efeito da mesma; como então é chamada de lícita?

- cigarro,

- benzodiazepínicos (remédios utilizados para reduzir a ansiedade ou induzir o sono);

- xaropes (remédios para controlar a tosse e que podem ter substâncias como a codeína, um derivado do opióide); Existem vários jovens viciados em certos xaropes vendidos sem receita médica.

- descongestionantes nasais; o uso imoderado desta substância pode causar dependência a qualquer pessoa que não será tachada de drogada ou viciada, mas se tornará dependente da mesma, podendo como sequela ter o septo perfurado.

- os anorexígenos (moderadores de apetite); este é um mal que convive com o modismo do culto ao corpo, fato estudado na Lição anterior. Muitas jovens se tornam dependentes destas drogas e podem ser levadas a morte pela perda de apetite e da distorção da realidade de seus corpos, como a famosa cantora de duo americano famoso (The Carpenters), em décadas passadas, que morreu anoréxica.

- anabolizantes (hormônios usados para aumentar a massa muscular). Esta droga tem matado muitos jovens em nossa sociedade, mormente aqueles que não têm condições de freqüentar as chamadas Academias de fisicultura, credenciadas e que contam com médicos, professores capacitados e honestos, além de ser fonte de renda clandestina mesmo entre diversas academias de exercícios físicos.

b-Drogas Ilícitas são prejudiciais a saúde humana, e podem levar o indivíduo, à morte, quando utilizadas em uma dosagem acima da capacidade metabólica do indivíduo, além de deixar seqüelas mentais e perenes, no cérebro, fígados e outros órgãos do corpo humano.

III-O perigo das Drogas “lícitas” (socialmente aceitas e difundidas no mercado) é que, também podem:

Levar o indivíduo, à morte, quando utilizadas em uma dosagem acima da capacidade metabólica do indivíduo, além de deixar seqüelas mentais e perenes, no cérebro, fígados, pulmões e outros órgãos do corpo humano.

O remédio que você usa para combater uma enfermidade ou doença, da mesma forma, pode ser um veneno dependendo da dosagem.

Sendo assim, o que faz da droga química um veneno é simplesmente a dosagem e a indicação a que ela é destinada, por isso ingerir qualquer tipo de medicamento, sem indicação de profissionais adequados é um risco a saúde.

O abuso das drogas lícitas supera praticamente em todo o mundo, o consumo das drogas ilícitas.

Mesmo as chamadas drogas naturais ou aquelas que se usa, à partir da flora ou de algo que venha da natureza pode ser utilizada como droga.

a-Drogas naturais são aquelas que não são produzidas em laboratório e que provocam efeitos alucinógenos de uma forma natural(veja abaixo a ação em ‘culto’ destes produtos da natureza- enteógenas), sem a composição de produtos químicos. Esses tipos de drogas se diferem das drogas sintéticas, que são produzidas através de meios químicos.

b-Os principais exemplos de drogas naturais são:

- Ópio: Extraído dos frutos da papoula, possui uma potente ação analgésica e depressora sobre o Sistema Nervoso Central; Usado ainda hoje e plantado no oriente mais longínquo.

- Maconha: Extraída das plantas da espécie Cannabis sativa, é uma das mais comuns drogas da atualidade. Usada por grupos na região da América Central, mormente os ditos grupos de ‘Reagae’.

Descriminalização das drogas:

Existem grupos que pedem o uso da droga não seja considerado crime, o que já por si só é um crime contra as pessoas de bem, contra a saúde do próprio corpo dado por Deus ao Homem, contra as famílias, que têm em seu seio jovens que se iniciaram nas drogas, seja pela bebida seja pelas chamadas drogas ‘leves’ e hoje são desesperados viciados sem retorno, se não pela ação de muita oração e misericórdia de Deus.

c-A mais perniciosa das drogas lícitas:

O cigarro é hoje o maior problema de saúde pública mundial.

O cigarro é uma pequena porção de tabaco seco e picado, enrolado em papel fino. Existem em alguns cigarros o sistema de filtro, geralmente de esponja ou papel. É um dos produtos de consumo mais vendidos no mundo. A industrialização do cigarro iniciou na década de 1840.

A fabricação do cigarro pode ser composta de até setecentos aditivos químicos.

A fumaça é repleta de substâncias como acetona, arsênico, butano, monóxido de carbono e cianido.

A nicotina, um dos componentes do cigarro, é a responsável pela dependência.Basta usar duas vezes e a pessoa se torna viciado e dependente.

A dependência é física e psíquica. Os sintomas psicológicos e físicos do cigarro responsáveis pela dependência são: maior clareza de pensamentos, maior atenção e capacidade de concentração, aumento da memória, diminuição do apetite, da irritabilidade e agressividade. Além de atuar como relaxante.
O cigarro foi considerado, durante muito tempo, como símbolo de status, hoje se sabe que é um dos piores inimigos da saúde e tornou-se o maior problema de saúde pública mundial.

O fumo pode ocasionar doenças isquêmicas do coração, isquemias ou hemorragias cerebrais, doença pulmonar obstrutiva crônica, cânceres de pulmão, boca, laringe, esôfago e bexiga.

As pessoas que convivem com quem fuma são conhecidas como “fumantes passivos”. Crianças expostas à fumaça são propensas a problemas respiratórios agudos.

d-Um testemunho, desta área, em meu ministério:

Cheguei em certa Congregação e encontrei uma irmã daquela congregação, ainda dependente do vício do cigarro, oramos por ela e ela mesma começou a pedir à Deus em oração, libertação do vício e para nossa alegria e Glória de Deus, até hoje quando nos encontramos ela glorifica à Deus pela libertação.Cristo salva, cura e liberta, e ainda nos leva para os céus.

IV-A ação das drogas no corpo humano e seu uso em “cultos”:

As drogas circulam pelo corpo e entram na corrente sanguínea causando dependência, problemas circulatórios, cerebrais e respiratórios, compulsão e outros vários fatores que iguais a estes citados podem levar à morte.

A Lição desta semana nos revela o perigo das drogas, e é um alerta correto, pois existem seitas que se utilizam legalmente de chás produzidos por plantas alucinógenas, em suas reuniões religiosas.

Veja partes do relato de uma pessoa que participou de uma reunião deste tipo. Alguns famosos já participaram destas reuniões e se ligaram à seita religiosa com posterior desligamento, mas experimentaram desta bebida utilizada nos “cultos”. Não podemos discriminar nenhuma manifestação religiosa, que isto fique claro, mas estamos destacando, fatos disponíveis na mídia sobre o “cerimonial”.

Seqüência e duração da cerimônia, ou “culto”:

Narrativa de um participante “curioso” em uma destas atividades sectária:

As sensações:                                                       

  • Minha memória foi liquidada, tanto a capacidade de reter o que eu estava pensando, quanto, principalmente, a capacidade de recordar fatos e conhecimentos passados.
  • Durante a “cerimônia” o tempo parecia passar muitíssimo devagar, talvez mais devagar do que em qualquer outra ocasião. Essa sensação de lentidão da passagem do tempo foi sentida também pelas jovens que foram comigo.
  • Tive uma alteração auditiva violenta, que me impediu de entender as pessoas. Eu entendia em parte com base na expressão facial e na entonação. A alteração auditiva indiretamente prejudicou minha fala. Eu ouvia de forma distorcida o que eu falava, e não conseguia saber o que efetivamente havia dito ou estava dizendo.
  • Eu apenas via tudo piscando como estrelas, um efeito semelhante ao de se ver as coisas através de uma hélice de circulador de ar. Lá pelas duas horas da manhã, porém, quando eu já me sentia mais normal, um efeito curioso: ao ver minha mão e as das outras pessoas se movimentando, havia um efeito tipo “rastro do mouse no Windows”.
  • minhas amigas viram “santos” e deformações no próprio corpo.
  • Cada vez que eu acordava eu me lembrava de tudo que estava se passando, mas quase não conseguia falar (principalmente devido à alteração auditiva referida anteriormente). Eu me sentia muito só (mesmo porque não havia ninguém comigo - minha amiga estava conversando e as outras estavam talvez até pior que eu) e o tempo parecia passar muitíssimo devagar, embora para os outros provavelmente parecesse que eu estava um pouco alheio ao mundo.

A “cerimônia”:

  • os assim chamados “fardados” são muito, “militares”. E estavam pouco se importando se eu estava me sentindo mal ou não. Lembraram-me que eu havia concordado em iniciar e terminar o culto. Eu me senti como se tivesse vendido minha alma ao demônio por um dia. Tinha que respeitar um contrato com o qual consenti sem saber das “letras miúdas”, não importa quão mal me sentisse.

·       Todas as quatro jovens que foram comigo concordaram num ponto: “Nunca mais!”.

  • Sofri um bocado…curioso sobre este tipo de experiência. É fundamental ir com um amigo…que não tome o chá…para se ter apoio emocional durante os efeitos do chá…para se dirigir o carro na volta (eu não tinha a menor condição de dirigir o meu). Mas, não recomendo nem um pouco!

Este é um resumo de um participante destas cerimônias, na qual vimos expressões de arrependimento, por participar deste ritual, mal estar físico, perda da sanidade, recomendação para não participar destes rituais, as dificuldades em usar a substância e depois dirigir, os efeitos e alucinações e as expressões claras, que me estarreceram:

Nunca mais” e “me senti como se tivesse vendido minha alma ao demônio por um dia“.

Vemos na prática que o uso de substâncias naturais, ainda que legalizada por lei em rituais é algo que existe em nossa sociedade, que fique o alerta!

O uso de alucinógenos dentro do contexto ritual tido como “sagrado”, como desta “seita”, é baseado, na ação de substâncias chamadas de enteógenas, através, no caso bebida enteógena conhecida como ahyausca.

a-Veja como estas substâncias são consideradas pela farmacologia:

A palavra enteógeno significa literalmente: “manifestação interior do ‘divino’”, deriva de uma palavra grega obsoleta, que se refere à ligação religiosa com drogas visionárias.

Entretanto, este termo foi proposto como uma forma elegante de resolver o problema de se encontrar um termo culturalmente apropriado e não pejorativo para descrever o uso destas substâncias.

A farmacologia ainda não chegou a acordo sobre o termo, para descrever as suas ações farmacológicas, assim o termo alucinógeno continua sendo a designação predominante entre os cientistas mais tradicionais.

O consenso entre os diversos estudiosos da área não é total mas existem aqueles autores que consideram que a expressão enteogênico um mero sinônimo de psicodélico, julgando pejorativo o uso de alucinogênicos psicomiméticos e os seus congêneres, prejudicando “os estados transcendentes e ‘beatíficos’ de ‘comunhão’ com a divindade” característicos do uso tradicional de drogas visionárias.

O termo psicodélico continua muito utilizado por cientistas de gerações mais recentes, em geral referindo-se apenas a substâncias cujos efeitos são semelhantes aos do LSD ou da mescalina.

V-A Bíblia e o vício:

Certa vez, ainda imaturo e iniciante obreiro, fui inquirido capciosamente por um outro companheiro, com a seguinte pergunta:

A Bíblia condena o vício de fumar?

Fiquei sem resposta até ao dia em que encontrei o seguinte versículo:

Rm. 6.16: Não sabeis vós que a quem vos apresentardes por servos para lhe obedecer, sois servos daquele a quem obedeceis.

VI-Da mesma forma que a Lei de Deus condena é previsto na lei dos homens, o uso e a condenação pelo uso de drogas:

O uso de drogas (inclusive medicamentos - ou drogas lícitas) é regulamentado e considerado crime previsto em cada caso, no Código Penal Brasileiro cujas penalidades variam de seis meses a dois anos de prisão e agora pela LEI Nº 11.705, DE 19 DE JUNHO DE 2008.

Conversão da Medida Provisória nº 415, de 2008 - Altera a Lei no 9.503, de 23 de setembro de 1997, que ‘institui o Código de Trânsito Brasileiro’, e a Lei no 9.294, de 15 de julho de 1996, que dispõe sobre as restrições ao uso e à propaganda de produtos fumígeros, bebidas alcoólicas, medicamentos, terapias…§ 4o do art. 220 da Constituição Federal, para inibir o consumo de bebida alcoólica por condutor de veículo automotor… 

Art. 1o  Esta Lei altera dispositivos da Lei no 9.503, de 23 de setembro de 1997, que institui o Código de Trânsito Brasileiro, com a finalidade de estabelecer alcoolemia 0 (zero) e de impor penalidades mais severas para o condutor que dirigir sob a influência do álcool, e da Lei no 9.294, de 15 de julho de 1996, que dispõe sobre as restrições ao uso e à propaganda de produtos fumígeros, bebidas alcoólicas, medicamentos, terapias e defensivos agrícolas, nos termos do § 4o do art. 220 da Constituição Federal, para obrigar os estabelecimentos comerciais em que se vendem ou oferecem bebidas alcoólicas a estampar, no recinto, aviso de que constitui crime dirigir sob a influência de álcool. 

Art. 276.  Qualquer concentração de álcool por litro de sangue sujeita o condutor às penalidades previstas no art. 165 deste Código.

Art. 291….§ 1o  Aplica-se aos crimes de trânsito de lesão corporal culposa o disposto nos arts. 74, 76 e 88 da Lei no 9.099, de 26 de setembro de 1995, exceto se o agente estiver: 

I - sob a influência de álcool ou qualquer outra substância psicoativa que determine dependência; 

VII-A cobrança das drogas:

Quem se entrega às drogas levado pela facilidade que o dinheiro possa trazer, tem sido letal em muitas famílias e para muitos jovens que se enredam na malha cruel e fácil do dinheiro propalado pela mídia, como envolvido pela comercialização das drogas. Quantas jovens, mulheres e homens têm servido de “mulas” para o tráfico de drogas, pelo engano do dinheiro fácil.

As bebidas consumidas em noitadas ditas, sociais, para que se consiga um aparente bom contrato, porém o dinheiro advindo disto pode se tornar um grilhão a quem assim se conduz.

Deu 14:26 -  E aquele dinheiro darás por tudo o que deseja a tua alma, por vacas, e por ovelhas, e por vinho, e por bebida forte, e por tudo o que te pedir a tua alma

a-A bebida e motejo:

Hab 2:15 -    Ai daquele que dá de beber ao seu companheiro! Ai de ti, que adiciona à bebida o teu furor, e o embebedas para ver a sua nudez!

Coisa mais ridícula para um homem, e para uma mulher é o estado de embriaguês ou de euforia por drogas, que os fazem perder a sensatez, o pudor e a sensação de sobriedade e se tornam fruto da ação dos que o circundam com brincadeiras e motejos, que se estivesse sóbrio, jamais admitiriam.

Sal 69:12 -   Aqueles que se assentam à porta falam contra mim; e fui o cântico dos bebedores de bebida forte.

Recentemente um alto executivo de SP, bateu o seu carro por dirigir embriagado e foi flagrado pelas câmaras de TV, pronunciando coisas ininteligíveis e se tornou alvo de chacota de todos, imagine este homem dias depois em seu escritório, pensando no que a sua copeira, pensava à seu respeito.

Pro 31:4 -     Não é próprio dos reis, ó Lemuel, não é próprio dos reis beber vinho, nem dos príncipes o desejar bebida forte;

b-Os coquetéis do ai:

Isa 5:22 - Ai dos que são poderosos para beber vinho, e homens de poder para misturar bebida forte;

VIII-Os descaminhos da bebida podem atingir até ao altar:

Levam ao erro, seja de julgamento ou comportamental:

Isa 28:7 - Mas também estes erram por causa do vinho, e com a bebida forte se desencaminham; até o sacerdote e o profeta erram por causa da bebida forte; são absorvidos pelo vinho; desencaminham-se por causa da bebida forte; andam errados na visão e tropeçam no juízo.

Infelizmente nos dias de hoje encontramos muitos crentes que já fazem uso da bebida alcoólica em suas residências ou mesmo fora delas.Já sentei à mesa com obreiros que me ofereceram um copo de bebida alcoólica junto com o jantar (não importa o tipo), graças à Deus sempre recusamos e ficamos preocupados com tais comportamentos.Fico abismado com o número de crentes que perguntam porque não devemos beber bebidas contendo álcool, quem está verdadeiramente convertido já não tem vontade destas coisas.

As noitadas regadas à vinho, levam a contínua prática, destruindo:

Carreiras;

Lares;

Amizades;

Corpos;

Mentes.

Isa 56:12 -  Vinde, dizem, trarei vinho, e beberemos bebida forte; e o dia de amanhã será como este, e ainda muito mais abundante.

a-A bebida oferecida aos ídolos:

Quando alguém bebe e oferece libação a deuses e poste de adoração se torna escravo de potestades malignas:

Isa 65:11- Mas a vós, os que vos apartais do Senhor, os que vos esqueceis do meu santo monte, os que preparais uma mesa para a Fortuna, e que misturais a bebida para o Destino.

Este verso de Isaías fala dos deuses Fortuna e Destino, ambos simbolizando cultos louvor ou dedicação a outros deuses, coisas ou pessoas.

Fortuna e Destino eram deuses associados às divindades pagãs e Menim para as quais, respectivamente, se faziam cultos aos astros e onde se ofereciam alimentos em rituais de magia. Aqueles que participam de tais cultos são destinados à morte. Linconl A A Oliveira.

Como sabemos a Palavra de Deus não usa, conceitual e religiosamente, o termo Destino.

Todavia quando utilizamos, nas nossas versões, os termos Destino e, até, Fortuna, carrega os mesmos com a tonalidade das cores negra e cinzenta dos ídolos (os deuses Gade e Meni, sírios), com os quais não pode haver comunhão, a tal ponto que a versão do Velho Testamento para a língua grega, a Septuaginta, lhes denomina daímoni (demônio ou espírito do mal).

b-A sua própria bebida e excitação serão usadas como condenação e morte para os que fazem uso dela:

Jer 51:39 -    Estando eles excitados, lhes darei a sua bebida, e os embriagarei, para que andem saltando; porém dormirão um perpétuo sono, e não acordarão, diz o Senhor.

c-Pelo uso desmedido da bebida Herodes matou João Baptista, Nabucodonosor perdeu o seu reinado e fez abominação com os vasos da Casa do Senhor Deus de Israel

- Dn.5.1,2:O REI Belsazar deu um grande banquete a mil dos seus senhores, e bebeu vinho na presença dos mil. Havendo Belsazar provado o vinho, mandou trazer os vasos de ouro e de prata, que Nabucodonosor, seu pai, tinha tirado do templo que estava em Jerusalém, para que bebessem neles o rei, os seus príncipes, as suas mulheres e concubinas.

Nabal morreu junto com seu coração de pedra e sua bebida que lhe levou a dizer doidices ao homem de Deus:

- I Sm. 25.36-38: E, vindo Abigail a Nabal, eis que tinha em sua casa um banquete, como banquete de rei; e o coração de Nabal estava alegre nele, e ele já muito embriagado, pelo que ela não lhe deu a entender coisa alguma (com quem está fora de si, não se pode acertar qualquer negócio), pequena nem grande, até à luz da manhã.

Sucedeu, pois, que pela manhã, estando Nabal já livre do vinho, sua mulher lhe deu a entender aquelas coisas; e se amorteceu o seu coração, e ficou ele como pedra. E aconteceu que, passados quase dez dias, feriu o Senhor a Nabal, e este morreu.

d-Afastar-se da bebida é orientação de Deus:

Num 6:3 -     De vinho e de bebida forte se apartará; vinagre de vinho, nem vinagre de bebida forte não beberá; nem beberá alguma beberagem de uvas; nem uvas frescas nem secas comerá.

IX-A verdadeira bebida do Reino de Deus:

Mar 14:38 -   Vigiai e orai, para que não entreis em tentação; o espírito, na verdade, está pronto, mas a carne é fraca.

Rm.88.ss: Portanto, os que estão na carne não podem agradar a Deus. Vós, porém, não estais na carne, mas no Espírito, se é que o Espírito de Deus habita em vós. Mas, se alguém não tem o Espírito de Cristo, esse tal não é dele.E, se Cristo está em vós, o corpo, na verdade, está morto por causa do pecado, mas o espírito vive por causa da justiça.E, se o Espírito daquele que dentre os mortos ressuscitou a Jesus habita em vós, aquele que dentre os mortos ressuscitou a Cristo também vivificará os vossos corpos mortais, pelo seu Espírito que em vós habita.                       De maneira que, irmãos, somos devedores, não à carne para viver segundo a carne.Porque, se viverdes segundo a carne, morrereis; mas, se pelo Espírito mortificardes as obras do corpo, vivereis.Porque todos os que são guiados pelo Espírito de Deus esses são filhos de Deus.Porque não recebestes o espírito de escravidão, para outra vez estardes em temor, mas recebestes o Espírito de adoção de filhos, pelo qual clamamos: Aba, Pai.

O corpo sempre quer dominar o espírito convencendo o homem natural de que a carne precisa ser saciada, mas é necessário que mortifiquemos as vontades da carne para que vivamos.

Joa 6:55 - Porque a minha carne verdadeiramente é comida, e o meu sangue verdadeiramente é bebida.

1Co 10:4 -    E beberam todos de uma mesma bebida espiritual, porque bebiam da pedra espiritual que os seguia; e a pedra era Cristo.

Rom 14:17 - Porque o reino de Deus não é comida nem bebida, mas justiça, e paz, e alegria no Espírito Santo.

Pro 23:20 -  Não estejas entre os beberrões de vinho, nem entre os comilões de carne.

a-O BELO exemplo, à ser seguido, dos Recabitas:

Almeida Corrigida e Revisada Fiel

Jeremias 35.1-19: A PALAVRA que do Senhor veio a Jeremias, nos dias de Jeoiaquim, filho de Josias, rei de Judá, dizendo:Vai à casa dos recabitas, e fala com eles, e leva-os à casa do Senhor, a uma das câmaras e dá-lhes vinho a beber.Então tomei a Jazanias…e a seus irmãos, e a todos os seus filhos, e a toda a casa dos recabitas;E os levei à casa do Senhor, à câmara dos filhos de Hanã, filho de Jigdalias, homem de Deus, que estava junto à câmara dos príncipes, que ficava sobre a câmara de Maaséias…guarda do vestíbulo;E pus diante dos filhos da casa dos recabitas taças cheias de vinho, e copos, e disse-lhes: Bebei vinho.Porém eles disseram: Não beberemos vinho, porque Jonadabe, filho de Recabe, nosso pai, nos ordenou, dizendo: Nunca jamais bebereis vinho, nem vós nem vossos filhos…nem semeareis semente, nem plantareis vinha, nem a possuireis…todos os vossos dias, para que vivais muitos dias sobre a face da terra, em que vós andais peregrinando.Obedecemos, pois, à voz de Jonadabe…nosso pai, em tudo quanto nos ordenou; de maneira que não bebemos vinho em todos os nossos dias, nem nós, nem nossas mulheres, nem nossos filhos, nem nossas filhas…nem temos vinha, nem campo, nem semente…Então veio a palavra do Senhor a Jeremias, dizendo:Assim diz o Senhor dos Exércitos, o Deus de Israel…Porventura nunca aceitareis instrução, para ouvirdes as minhas palavras? Diz o Senhor. As palavras de Jonadabe, filho de Recabe, que ordenou a seus filhos que não bebessem vinho, foram guardadas; pois não beberam até este dia, antes obedeceram o mandamento de seu pai; a mim, porém, que vos tenho falado, madrugando e falando, não me ouvistes.E vos tenho enviado todos os meus servos, os profetas, madrugando, e insistindo, e dizendo: Convertei-vos, agora, cada um do seu mau caminho…Visto que os filhos de Jonadabe, filho de Recabe, guardaram o mandamento de seu pai que ele lhes ordenou, mas este povo não me obedeceu,Por isso assim diz o Senhor Deus dos Exércitos, o Deus de Israel: Eis que trarei sobre Judá, e sobre todos os moradores de Jerusalém, todo o mal que falei contra eles; pois lhes tenho falado, e não ouviram…E à casa dos recabitas disse Jeremias: Assim diz o Senhor dos Exércitos, o Deus de Israel: Pois que obedecestes ao mandamento de Jonadabe, vosso pai, e guardastes todos os seus mandamentos, e fizestes conforme tudo quanto vos ordenou,Portanto assim diz o Senhor dos Exércitos, Deus de Israel: Nunca faltará homem a Jonadabe, filho de Recabe, que esteja na minha presença todos os dias.

X-Perdendo a herança celestial por causa dos vícios:

Co 6:10 - Não erreis: nem os devassos, nem os idólatras, nem os adúlteros, nem os efeminados, nem os sodomitas, nem os ladrões, nem os avarentos, nem os bêbados, nem os maldizentes, nem os roubadores herdarão o reino de Deus.

1 Ts. 5. 22 Abstende-vos de toda a aparência do mal.

Jud - Ora, àquele que é poderoso para vos guardar de tropeçar, e apresentar-vos irrepreensíveis, com alegria, perante a sua glória.

Ez. 23.42: Com ela se ouvia a voz de uma multidão satisfeita; com homens de classe baixa foram trazidos beberrões do deserto;

Conclusão:

Tendo a luz de Cristo em nossos corações somos agora santificados plenamente, em todo o nosso ser. Corpo, alma e espírito devem ser apresentados irrepreensíveis ao Senhor.

I Tess.5.5.ss: Porque todos vós sois filhos da luz e filhos do dia; nós não somos da noite nem das trevas. Não durmamos, pois, como os demais, mas vigiemos, e sejamos sóbrios; Porque os que dormem, dormem de noite, e os que se embebedam, embebedam-se de noite. 22 Abstende-vos de toda a aparência do mal.23 E o mesmo Deus de paz vos santifique em tudo; e todo o vosso espírito, e alma, e corpo, sejam plenamente conservados irrepreensíveis para a vinda de nosso Senhor Jesus Cristo.

Por isto, as Escrituras sagradas nos ensinam andar sóbrios, isto é, sem nenhum tipo de substância que altere a nossa mente, mas plenamente cônscios daquilo que fazemos e praticamos no nosso culto racional à Deus, culto da inteligência, com sentido e propósito e inteireza de mente do que oferecemos à Deus.

Pedro nos ensina a andar sóbrios para que Satanás não nos engane.

1Pe 5:8 - Sede sóbrios; vigiai; porque o diabo, vosso adversário, anda em derredor, bramando como leão, buscando a quem possa tragar;

Quem não anda sóbrio, ou seja, tem em seu corpo algo que altere a sua consciência e mente, jamais poderá resistir ao diabo.

O Apóstolo Paulo deixa-nos um veemente apelo e rogo, à favor da sobriedade e consciência daquilo que oferecemos ao Senho, o nosso culto, diferente de qualquer culto que apresenta-se as suas “divindades” movidos por qualquer substância.

Rom 12:1 -  ROGO-VOS, pois, irmãos, pela compaixão de Deus, que apresenteis os vossos corpos em sacrifício vivo, santo e agradável a Deus, que é o vosso culto racional.2 E não sede conformados com este mundo, mas sede transformados pela renovação do vosso entendimento, para que experimenteis qual seja a boa, agradável, e perfeita vontade de Deus.

A única coisa que devemos experimentar e a boa , agradável e perfeita vontade de Deus, tudo aquilo que venha altera a nossa mente através de substâncias, para que sintamos qualquer tipo de sensação jamais se pronuncie no meio do Povo de Deus.21 Não te deixes vencer do mal, mas vence o mal com o bem.

Fonte:

Bíblia Chamada

Bíblia cortesia Tio Sam - digital

Apontamentos do autor

A Coluna PIBRJ-Estudos

Casa Civil da Presidência da República.

Linconl A A Oliveira.

Livro “Religiões da Lvsitânia”, cuja exposição se encontra no Museu Nacional de Arqueologia em Lisboa.

http://www4.uninove.br/cartilha_drogas_int/layout_cartilha_drogas_int.html

Líria Alves -Graduada em Química - Equipe Brasil Escola

Por Gabriela Cabral - Equipe Brasil Escola

Newton Bittencourt -graduado em Educação Física-especialista em Medicina e Ciências do Esporte-UFRGS - Porto Alegre.

Núcleo de Estudos sobre a Violência e a Conquista da Cidadania.

Publicado no blog Estudando a Palavra

converter em pdf.


  1. Warning: file_get_contents(http://...@hotmail.com) [function.file-get-contents]: failed to open stream: HTTP request failed! HTTP/1.1 404 Not Found in /home/storage/1/49/c5/ebdweb1/public_html/wp-content/plugins/bbuinfo-blogblogs-user-info-plugin/bbuinfo.php on line 174
    Julio Cesar Rodrigues
    Escreveu:

    Otima exposição pastor, que o Senhor continue abençoando a sua vida para que o senhor possa sempre ter esta visão de como o povo de Deus deve se orientar, pela etica e pelo bom censo, pois, o nosso inimigo não esta de brincadeira, que Deus te abençoe.

Comente.