Wordpress Themes

A Ressurreição de Cristo - Rede Brasil de Comunicação

Igreja Evangélica Assembléia de Deus - Recife / PE

Superintendência das Escolas Bíblicas Dominicais

Pastor Presidente: Ailton José Alves

Av. Cruz Cabugá, 29 - Santo Amaro - CEP. 50040 - 000    Fone: 3084 1524

LIÇÃO 11 - A RESSURREIÇÃO DE CRISTO

INTRODUÇÃO

A ressurreição física e corporal do Senhor Jesus Cristo é o fundamento inabalável do Evangelho e da nossa fé (I Co 15.13-23). De fato, o Cristianismo não seria mais do que uma religião, se Cristo não tivesse ressuscitado. Sua morte e ressurreição O faz diferente de todos os fundadores de religiões; e faz do cristianismo o elo de ligação entre Deus e o homem. Por esta razão, o diabo tenta negar, através dos falsos ensinos e seitas heréticas, a veracidade desta Doutrina Bíblica.

I - DEFINIÇÃO

Ressurreição é o “ato ou efeito de ressurgir ou ressuscitar” ou “o retorno da morte à vida”. Podemos conceituar a ressurreição como o momento em que Deus devolve a existência física ao ser humano, seja ela temporária, como ocorreu com Lázaro (Jo 11), Dorcas (At 9.36-43), Êutico (At 20.7-12), e outros, que tornaram a morrer; ou definitiva, como ocorreu com Cristo (I Co 15.4,5), e ocorrerá no futuro com os crentes, por ocasião do arrebatamento da Igreja (I Co 15.52-58; 1 Ts 4.16,17); e com os ímpios, por ocasião do Juízo Final (Ap 20.11-13). A ressurreição de Cristo é o milagre mais significativo das Escrituras, pois dela dependem todas as promessas para os crentes, bem como a esperança da vida eterna (I Co 15).

II - A IMPORTÂNCIA DA RESSURREIÇÃO DE CRISTO

De acordo com as Escrituras, a fé na ressurreição de Cristo é essencial para a salvação: “A saber: Se com a tua boca confessares ao Senhor Jesus, e em teu coração creres que Deus o ressuscitou dentre os mortos, serás salvo. Visto que com o coração se crê para a justiça, e com a boca se faz confissão para a salvação” (Rm 10:9,10). Além disso, a Bíblia diz que:

2.1 É uma Doutrina Fundamental do Cristianismo. O apóstolo Paulo nos diz em (1 Co 15) que, se Cristo não ressuscitou: a nossa pregação é vã (v. 14); a nossa fé é vã (v. 14); os apóstolos são falsas testemunhas (v. 15); nós permanecemos em nossos pecados (v.17); os que dormiram em Cristo estão perdidos (v.18); e os cristão são os mais miseráveis de todos os homens (v.19). Por isso, a ressurreição de Cristo é uma doutrina fundamental do Cristianismo (I Co15.4; II Tm 2.8).

2.2 É uma Doutrina Fundamental para a Aplicação da nossa Salvação. Era necessário Cristo ressuscitar, para enviar o Espírito Santo (Jo 16.7; At 2.32,33); para dar dons aos homens (Ef 4.8-11); para dar arrependimento e remissão de pecados à Israel (At 5.31) e para estar à destra do Pai nos céus, e ser o cabeça da igreja (Ef 1.19-23). Paulo afirma ainda que a morte de Cristo reconciliou-nos com Deus, e Sua vida presente é que aperfeiçoa a nossa salvação (Rm 5.8-10).

2.3 É uma Doutrina que Garante a nossa Própria Ressurreição. Escrevendo aos tessalonicenses, o apóstolo Paulo deixa bem claro que a ressurreição de Cristo nos garante que, os que morreram em Cristo, hão de ressuscitar (I Ts 4.13-17). Por isso, ele lhes diz que não queria que eles fossem ignorantes acerca dos que dormem, para que não se entristecessem, como os demais, que não tem esperança (I Ts 4.13).

III - FALSAS TEORIAS SOBRE A RESSURREIÇÃO DE CRISTO

Muitas heresias tem surgido no decorrer dos séculos acerca da pessoa de Cristo. Umas lançando dúvidas sobre a Sua humanidade; outras sobre Sua divindade; e outras, disseminando dúvidas sobre a Sua morte e ressurreição. Os céticos e incrédulos têm criado falsas teorias, tentando negar a realidade da ressurreição de Cristo. Citemos apenas algumas:

3.1 A Teoria do Desmaio. “Na verdade, Jesus não morreu, apenas desmaiou e depois recobrou o ânimo”, dizem eles. Mas, sobre esta teoria, perguntamos: Como um homem debilitado, por causa da perda de sangue, pôde inspirar seus discípulos a ir e proclamar sua vitoriosa ressurreição? É impossível que alguém semimorto, que acabou de sair do túmulo, necessitando de tratamento médico, de medicamentos e de cuidados rigorosos, pudesse dar aos discípulos a convicção de ser Ele o vencedor sobre a morte e a sepultura! E, se Jesus tinha aparecido vivo, por que então, os judeus não o procuraram para prendê-lo e matá-lo realmente? A resposta é simples: “Ele ressuscitou, como havia dito” (Mt 28.6). Os próprios soldados atestaram a sua morte (Mc 15.45; Jo 19.33), e Ele mesmo declarou que esteve morto, mas reviveu (Ap 1.18).

3.2 Os Discípulos Roubaram o Corpo de Jesus. Esta mentira foi inventada desde que Jesus ressuscitou, e divulgou-se entre os judeus até o dia de hoje (Mt 28.11-15). Mas, como poderiam aqueles fracos judeus roubar o corpo de Cristo, se o sepulcro estava guardado pelos soldados romanos? Como poderiam eles remover a pedra, sem que os soldados vissem, ainda que estivessem dormindo? E, se os soldados estavam dormindo, como podem saber que foram os discípulos que roubaram o Seu corpo? A verdade é que os soldados romanos, quando viram o terremoto e a pedra removida, fingiram estar mortos e, depois, foram subornados para mentir, dizendo que Seus discípulos roubaram Seu corpo, enquanto eles dormiam (Mt 28.4-15).

3.3 A Teoria da Visão. “Os discípulos, na verdade, tiveram apenas uma visão. Uma vez que Jesus tinha predito sua ressurreição, seria perfeitamente natural que seus seguidores achassem que isso realmente tivesse acontecido. Assim, eles o viram, conversaram com Ele e até imaginaram que Ele tomou uma refeição com ele”, afirmam eles. Esta teoria defende a integridade dos discípulos, considerando-os homens honestos e sinceros, mas foram emocionalmente perturbados pela morte de seu líder. Mas, sobre esta falsa teoria, replicamos: Como esta visão pode ter acontecido com tantas pessoas no mesmo intervalo de tempo, se a Bíblia diz que Jesus apareceu a várias pessoas depois de haver ressuscitado, inclusive a um grupo de mais de quinhentos irmãos (I Co 15.6)?

 Não é estranho pensar que todos eles tiveram a mesma visão? Além disso, os discípulos iriam pregar uma mentira, afirmando que viram o Cristo ressurreto? Estariam eles dispostos a morrer por uma mentira? Estas e outras teorias, na verdade, não passam de fraudes e enganos, tentando negar um fato real e inescusável.

IV - EVIDÊNCIAS DA RESSURREIÇÃO DE CRISTO

A nossa crença na ressurreição de Cristo não está baseada apenas na fé, o que já é suficiente, mas também nas inúmeras evidências. Seria impossível descrever todas, por isso, citaremos apenas algumas:

4.1 O Túmulo Vazio. Todos os túmulos famosos no mundo são conhecidos pelos corpos que contêm. Mas isto não acontece com o túmulo de Jesus, pois, ele é o único no mundo famoso pelo que não contém. Ele estava vazio na primeira manhã da Páscoa e continuou assim. O túmulo vazio é um lembrete constante da mensagem do anjo às mulheres: “Ele não está aqui: ressuscitou, como havia dito.” (Mt 28.6; Mc 16.6).

4.2 A Pedra Removida. Poucos críticos negam que uma grande pedra foi colocada na entrada do túmulo de Jesus, que o túmulo foi selado, e que uma guarda romana vigiava o local para impedir que seus discípulos roubassem o corpo (Mt 27.64-66). Nenhum deles parece negar que a pedra foi removida, abrindo o túmulo, naquela manhã de Páscoa. A grande pergunta é: quem removeu a pedra? A Bíblia tem a resposta: “E eis que houve um grande terremoto; porque um anjo do Senhor desceu do céu, chegou-se, removeu a pedra e assentou-se sobre ela” (Mt 28.2). Tanto o túmulo vazio como a pedra removida são evidências que provam a ressurreição de Cristo.

4.3 As Testemunhas Oculares do Cristo Ressurreto. Por mais importantes que a pedra removida e o túmulo vazio sejam para provar a ressurreição, temos evidência ainda maior: as testemunhas oculares: Maria Madalena (Jo 20.11-18); As mulheres que voltaram do sepulcro (Mt 28.9,10); Pedro (Lc 24.34; I Co 15.5); Dois discípulos no caminho de Emaús ( Lc 24.13-35; Mc 16.12,13); Os discípulos (Mt 26.32; 28.10 ; Jo 20.19-24, 26-29; 21. 1-23); Mais de quinhentos irmãos (I Co 15.6); o apóstolo Paulo (At 9.3-6; I Co 9.1) e tantos outros.

A grande transformação que a ressurreição de Jesus causava na vida dos apóstolos provam que eles verdadeiramente estavam convictos de que Jesus estava vivo. O desespero e o desânimo que dominava os seguidores de Cristo após a crucificação, deu agora lugar a uma alegria e ousadia que ninguém podia dominar, pois, por toda parte, davam testemunho da ressurreição dEle (At 2.24-27; 32,33; 3.15; 4.10,33;5.30,31).

V - A NATUREZA DA RESSURREIÇÃO DE CRISTO

As Escrituras afirmam que a ressurreição de Cristo foi corporal e definitiva, como podemos ver a seguir:

5.1 Foi uma Ressurreição Corporal. As Escrituras afirmam que a ressurreição de Jesus foi corporal, pois, o próprio Jesus afirmou, depois de sua ressurreição, que tinha carne e ossos (Lc 24.39,40); e, o evangelista Mateus afirma que as mulheres que O encontraram na manhã da ressurreição, abraçaram-Lhe os pés (Mt 28.9). Além disso, Jesus havia predito que sua ressurreição seria corporal (Jo 2.19-21; Mt 12.40) e, após a ressurreição, Ele foi reconhecido pelos Seus, pelas marcas dos cravos (Jo 20.25,27,28; 21.7; Lc 24.34, 37-40).

5.2 Foi uma Ressurreição Definitiva. As ressurreições do filho da viúva de Sarepta (1 Rs 17.17-24), do filho da sunamita (2 Rs 4.17-27), da filha de Jairo (Mc 5.22-43), do filho da viúva de Naim (Lc 7.11-17), de Lázaro (Jo 11), de Dorcas (At 9.36-43), e de Êutico (At 20.7-12), foram, na verdade, uma restauração à vida, pois estes, tornaram a morrer. Porém, a ressurreição de Cristo foi definitiva, em corpo glorioso e incorruptível (I Co 15.42,43, 53,54), pois Ele está vivo para todo o sempre (Rm 6.9,10; Ap. 1.18).

VI - OS RESULTADOS DA RESSURREIÇÃO DE CRISTO

Não poderíamos falar da ressurreição de Cristo sem descrever os resultados e benefícios que ela nos proporciona. Vejamosalguns:

6.1 Ela atesta a Divindade de Cristo. Cristo havia apontado para Sua ressurreição como um sinal que seria dado ao povo de Israel (Mt 12.38-40; Jo 2.18-22). E, o apóstolo Paulo diz que Jesus foi declarado Filho de Deus, pela ressurreição dos mortos (Rm 1.4).

6.2 Assegura a Aceitação da Obra de Cristo. A ressurreição de Cristo é a garantia que Deus aceitou o sacrifício de Cristo pelos nossos pecados, e que fomos justificados (Rm 4.25).

6.3 Fez de Cristo nosso Sumo Sacerdote. A ressurreição de Cristo é também a garantia de que Ele continua sendo o nosso Representante, Intercessor e Sumo Sacerdote diante de Deus (Rm 5.9,10; 8.34; Ef 1.20-22 ; I Tm 2.5,6).

6.4. Nos Proporcionou Bênçãos Adicionais. É pela ressurreição de Cristo que temos o direito de obter a salvação através da fé e do arrependimento, bem como o perdão dos pecados e a regeneração do Espírito Santo (At 5.31;3.26; 1 Pe 1.3). O apóstolo Paulo diz ainda que Sua ressurreição é a garantia que também ressuscitaremos dos mortos (Rm 8.11).

CONCLUSÃO

A ressurreição de Cristo é o grande milagre que faz o cristianismo diferente de todas as demais religiões, pois, Sua ressurreição não somente constitui a prova do perdão dos nossos pecados, como também nos garante que um dia estaremos, para sempre, com Ele. Se Cristo não houvesse ressuscitado, os cristãos teriam sido enganados durante séculos e teriam pregado uma falsa promessa de salvação. Mas, graças a Deus, podemos dizer como o apóstolo Paulo: “Porque primeiramente vos entreguei o que também recebi: que Cristo morreu por nossos pecados, segundo as Escrituras, E que foi sepultado, e que ressuscitou ao terceiro dia, segundo as Escrituras.” (I Co 15.3,4).

Publicado no site da Rede Brasil de Comunicação

converter em pdf.


  1. Warning: file_get_contents(http://...@bol.com.br) [function.file-get-contents]: failed to open stream: HTTP request failed! HTTP/1.1 404 Not Found in /home/storage/1/49/c5/ebdweb1/public_html/wp-content/plugins/bbuinfo-blogblogs-user-info-plugin/bbuinfo.php on line 174
    carlos souza
    Escreveu:

    ola, sou prof. de escola biblica dominical esta cada vez mais interessante os subsidios


  2. Warning: file_get_contents(http://...@santarita.org.br) [function.file-get-contents]: failed to open stream: HTTP request failed! HTTP/1.1 404 Not Found in /home/storage/1/49/c5/ebdweb1/public_html/wp-content/plugins/bbuinfo-blogblogs-user-info-plugin/bbuinfo.php on line 174
    Mis.Antonio / Luzimar
    Escreveu:

    Acharíamos ótimo se a cada lição fosse feito um questionário,
    como na lição: Santa Ceia.
    Gostaríamos ainda de parabenizá-los! Os comentários das
    lições tem sido de grande valor, e significante resultado em sala
    de aula.
    Nós professores e alunos agradecemos !
    A Paz do Senhor Jesus!
    Mis. Antonio Rojas


  3. Warning: file_get_contents(http://...@hotmail.com) [function.file-get-contents]: failed to open stream: HTTP request failed! HTTP/1.1 404 Not Found in /home/storage/1/49/c5/ebdweb1/public_html/wp-content/plugins/bbuinfo-blogblogs-user-info-plugin/bbuinfo.php on line 174
    valdir carvalho
    Escreveu:

    AFINAL SOMOS SANTOS ?
    Colossenses 1:9 Por isso nós também, desde o dia em que o ouvimos, não cessamos de orar por vós e de pedir que sejais cheios do pleno conhecimento da sua vontade, em toda a sabedoria e entendimento espiritual, de sorte que andeis de uma maneira digna do Senhor, agradando-lhe em tudo, frutificando em toda a boa obra e crescendo no pleno conhecimento de Deus.
    2 Pedro 3.17 Vós, portanto, amados, sabendo isto de antemão, acautelai-vos, para que não suceda que, levados pelo erro dos insubordinados, caiais da vossa firmeza, mas crescei na graça e no conhecimento de nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo. A ele seja dada a glória tanto agora como até o dia da eternidade.
    1 João 5:10 Quem crê no Filho de Deus, tem em si o testemunho. Quem não crê a Deus, o tem feito mentiroso, porque não tem crido no testemunho que Deus dá de seu Filho.
    1 João 1:7 Se, porém, andarmos na luz, como ele está na luz, mantemos comunhão uns com os outros, e o sangue de Jesus, seu Filho, nos purifica de todo pecado.
    Atos 2:38 Respondeu-lhes Pedro: Arrependei-vos, e cada um de vós seja batizado em nome de Jesus Cristo para remissão de vossos pecados, e recebereis o dom do Espírito Santo.
    Levítico 11:44 Eu sou Jeová vosso Deus; portanto, santificai-vos, e sede santos, pois eu sou santo. Não vos contaminareis com algum dos animais rasteiros que se movem sobre a terra. Eu sou Jeová, que vos fiz sair da terra do Egito, para ser o vosso Deus; portanto, vós sereis santos, porque eu sou santo.
    Levítico 19:2 Fala a toda a congregação dos filhos de Israel, e dize-lhes: Sereis santos; pois eu Jeová vosso Deus sou santo.
    Deuteronômio 14:2 Pois és povo santo a Jeová teu Deus, e Jeová te escolheu para lhe seres seu próprio povo, acima de todos os povos que há sobre a face da terra.
    Salmos 51:11 Não me lances fora da tua presença, E não tires de mim o teu santo espírito.
    Provérbios 20:25 Laço é para o homem o dizer temerariamente: É santo, E não refletir senão depois de fazer o voto.
    Isaías 57:15 Pois assim diz o Alto, e o Excelso, que habita a eternidade, de quem o nome é Santo: Habito no alto e santo lugar, também com aquele que é contrito e humilde de espírito, para vivificar o espírito dos humildes, e vivificar o coração dos contritos.
    Marcos 1:8 Eu vos batizei com água, mas ele vos batizará com o Espírito Santo.
    João 20:22 Dito isto, soprou sobre eles e disse-lhes: Recebei o Espírito Santo.
    Atos 19:2 perguntou-lhes: Recebestes o Espírito Santo, quando crestes? Responderam-lhe eles: Não, nem sequer ouvimos falar que o Espírito Santo é dado.
    Romanos 9:1 Digo a verdade em Cristo, não minto, dando testemunho comigo a minha consciência no Espírito Santo,
    Romanos 12:1 Rogo-vos, pois, irmãos, pela compaixão de Deus, que apresenteis os vossos corpos como um sacrifício vivo, santo e agradável a Deus, que é o vosso culto racional
    1 Coríntios 3:17 Se alguém destrói o santuário de Deus, Deus o destruirá; pois o santuário de Deus, que sois vós, santo é.
    1 Coríntios 6:19 Acaso não sabeis que o vosso corpo é santuário do Espírito Santo que habita em vós, o qual vos foi dado por Deus, e que não sois de vós mesmos?
    1 Coríntios 12:3 Por isso vos faço conhecer que ninguém, falando pelo Espírito de Deus, diz: Jesus é anátema; ninguém pode dizer: Jesus é Senhor, senão pelo Espírito Santo.
    Efésios 2.19 Assim, pois, não sois mais estrangeiros e peregrinos, antes sois concidadãos dos santos e membros da família de Deus, edificados sobre o fundamento dos apóstolos e profetas, sendo a principal pedra angular o próprio Cristo Jesus, no qual cada edifício bem conjuntado cresce para ser um templo santo no Senhor, no qual também vós sois edificados para uma habitação de Deus no Espírito.
    1 Pedro 1:15 mas assim como é santo aquele que vos chamou, tornai-vos vós também santos em todo o vosso procedimento,
    1 Pedro 1:16 porquanto está escrito: Sereis santos, porque eu sou santo.
    1 Pedro 2:5 sois vós também quais pedras vivas, edificados como casa espiritual para serdes um sacerdócio santo, a fim de oferecerdes sacrifícios espirituais, aceitáveis a Deus por Jesus Cristo.
    Apocalipse 22:11 Quem faz injustiça, faça-a ainda; quem está sujo, suje-se ainda; quem é justo, justifique-se ainda; e quem é santo, santifique-se ainda.
    1 Pedro 1:15 mas assim como é santo aquele que vos chamou, tornai-vos vós também santos em todo o vosso procedimento,
    Colossenses 3:12 Vós, portanto, como escolhidos de Deus, santos e amados, revesti-vos de coração compassivo, de benignidade, humildade, mansidão, longanimidade
    1 Pedro 1:16 porquanto está escrito: Sereis santos, porque eu sou santo.
    Apocalipse 14:12 Aqui está a perseverança dos santos que guardam os mandamentos de Deus e a fé em Jesus.
    Efésios 2:19 Assim, pois, não sois mais estrangeiros e peregrinos, antes sois concidadãos dos santos e membros da família de Deus
    Daniel 7:18 Mas os santos do Altíssimo receberão o reino, e possuirão o reino para sempre, sim para todo o sempre.

    Não sou eu que digo, mas fala aqui a Palavra de Deus sobre os seus escolhidos que se TORNAM SANTOS e para o qual propósito. Crês pois no testemunho do Filho de Deus que o Próprio Deus deu? Tendo a compreensão de santificação requerida, e não em ser santo como o IDÓLATRA e seu entendimento sobre ser Santo?
    Caminhamos num processo de transformação pela regeneração que o sangue de Cristo causa à todos quantos o recebe como PODER DE DEUS para salvação do PECADOR.
    Deus tem nos dado da sua Graça e por Ela nos diz que BASTA.
    Ser Filhos de Deus por adoção é ser algo além da nossa compreensão.
    Uma pergunta:
    -Habitaria o Espírito Santo em corpo impuro? Ainda mais: Quando nos batizamos, nós não recebemos O PAI, O FILHO e O ESPÍRITO SANTO?
    Então, na proporção que precisamos, diante de Deus nos tornamos participantes do corpo do Filho de Deus, obtendo a ação do Espírito Santo em nós, para a nossa SANTIFICAÇÃO. Somos sim, portadores de um GRAU DE SANTIDADE que só a Deus cabe o julgamento e a nós cabe AGRADECERMOS por tão GRANDE DÁDIVA.
    Uns querem dizer que somos somente PECADORES, sim somos, mas aquele que tem a Cristo, tem no seu espírito, A AÇÃO DA SANTIDADE para REMISSÃO DA SUA ALMA. E, esta ação, nos convence dos nossos erros, nos tornando aptos à participação de participarmos do corpo e do sangue de Cristo, O CONSUMADOR DA NOSSA FÉ.
    Sim, TUDO É POR FÉ. Você crê nisso, então tem fé, e isto AGRADA A DEUS. Tem sido o contrário? Então ainda não aceitou o testemunho que Deus deu do Seu Filho.

    Valdir Carvalho – Cascavel-Pr, 10.6.2009


  4. Warning: file_get_contents(http://...@hotmail.com) [function.file-get-contents]: failed to open stream: HTTP request failed! HTTP/1.1 404 Not Found in /home/storage/1/49/c5/ebdweb1/public_html/wp-content/plugins/bbuinfo-blogblogs-user-info-plugin/bbuinfo.php on line 174
    Rosa
    Escreveu:

    Gostaria que todo tema da lição contenha uma questionário.

    Os comentários e explicações são bons e tem me auxiliado na EBD.

    Obrigado por este site.


  5. Warning: file_get_contents(http://...@ebdweb.com.br) [function.file-get-contents]: failed to open stream: HTTP request failed! HTTP/1.1 404 Not Found in /home/storage/1/49/c5/ebdweb1/public_html/wp-content/plugins/bbuinfo-blogblogs-user-info-plugin/bbuinfo.php on line 174
    Márcio Klauber Maia
    Escreveu:

    Agradecemos a todos os irmãos por sua participação e incentivo. Que Deus continue vos abençoando.

Comente.