Wordpress Themes

O Poder Irresistível da Comunhão na Igreja - Pr. Geraldo Carneiro Filho

ESCOLA BÍBLICA DOMINICAL DA IGREJA EVANGÉLICA ASSEMBLEIA DE DEUS EM ENGENHOCA
NITERÓI - RJ
LIÇÃO Nº 04 - DATA: 23/01/2011
TÍTULO: “O PODER IRRESISTÍVEL DA COMUNHÃO NA IGREJA”
TEXTO ÁUREO – Ef 43-4
LEITURA BÍBLICA EM CLASSE: At 2:40-47
PASTOR GERALDO CARNEIRO FILHO
e-mail: geluew@yahoo.com.br
blog: http://pastorgeraldocarneirofilho.blogspot.com/


I – INTRODUÇÃO:

• A Igreja é “UM CORPO” - Ela não pode ser dividida ou cortada e ao mesmo tempo permanecer com vida (I Cor 1:13). Mesmo os carrascos romanos que crucificaram, Jesus respeitaram o seu corpo, não o cortando (Jo 19:31-36).

• A Igreja é “UMA UNIDADE” - Todos os membros, pela operação do Espírito Santo, são formados em UM CORPO (I Cor 12:13);

• A Igreja é “UM ORGANISMO VIVO”, o corpo místico de Cristo (Rm 12:5);

• A Igreja é “UM MESMO EDIFÍCIO” - Todos nós somos pedras vivas de (I Pe 2:4-5),

• A Igreja é “OVELHAS DO MESMO REBANHO” (Sl 79:13; I Pe 5:2-30).

• A Igreja é “A FAMÍLIA DE DEUS” (Ef 2:12-19).

• Esta união não se baseia em nacionalidade, nível social ou cultural, mas todos são UM EM CRISTO (Gl 3:28).

• A IGREJA JAMAIS PODERÁ SER DIVIDIDA!

II – A PALAVRA COMUNHÃO:

• COMUNHÃO = Sentimento de unidade que leva os cristãos a se sentirem um só corpo em Cristo Jesus. Tendo como vínculo o amor, a comunhão cristã desconhece distinções sociais, culturais e nacionais: SOMOS UM EM CRISTO. Eis por que choramos com os que choram e alegramo-nos com os que se alegram.

• Para que este ideal perdure, é mister que coloquemos sempre em prática o seguinte princípio áureo: “AMAI-VOS UNS AOS OUTROS COMO EU VOS AMEI”. Assim, não basta amar o próximo como a nós mesmos; temos de amá-lo como Jesus nos amou. (Gl 6:1-2).

III – A IGREJA DEVE DESFRUTAR DE UMA COMUNHÃO ACIMA DO COMUM:

• At 2:44-47 - O texto diz que os irmãos tinham tudo em comum e ninguém passava necessidade.

• CORRIGINDO UMA DISTORÇÃO: - At 2:35; 4:32-37 – Esta ação foi voluntária. Logo, NÃO DEVEMOS DIZER QUE ISSO SEJA UMA DOUTRINA A SER SEGUIDA PELAS IGREJAS CHEIAS DO ESPÍRITO SANTO!

• Os comunistas costumam citar essas passagens bíblicas para justificarem suas teorias materialistas. Porém, é uma interpretação arbitrária e totalmente desprovida de consistência. Essas vendas de propriedades era algo voluntário (At 5:4).

• Há também os exploradores da fé do povo que usam essas passagens para extorquirem suas vítimas. Nenhum dos apóstolos pediu que os discípulos vendessem suas propriedades. O que devemos fazer é estudar e procurar imitar o cuidado pelos necessitados (Lv 25:35-38; Dt 15:7-11 cf II Cor 9:9-10).

• Muitos precisam de ajuda financeira, mas muita gente está precisando mais de um olhar, de um ombro amigo, de um abraço sincero, de uma conversa franca, de uma simples atenção.

• Jamais nos esqueçamos: Nossas diferenças podem ser grandes e marcantes, mas o que nos une é muito maior do que o que nos separa: O AMOR DE DEUS (Rm 15:30; Cl 1:18 cf I Pe 2:5.

• Assim como numa construção a argamassa une solidamente as pedras, o amor de Deus pode integrar os crentes na comunhão dos santos.

IV – QUANDO A IGREJA CRESCE, HAVERÁ MAIOR COMUNHÃO ENTRE OS CRENTES:

• At 4:32 - Quando cessa o crescimento da Igreja (conseqüência da falta de envolvimento dos crentes na obra do Senhor), passa a sobrar tempo para a murmuração, as críticas descabidas, as intrigas e a falsa santificação, que expõe os pecados alheios, mas esconde o próprio sob a capa da hipocrisia (Fp 2:14).

• Ao contrário, a Igreja que cresce não tem lugar para conflitos. A unidade daí resultante e a integração de todos em busca do mesmo objetivo, os mantêm ocupados na realização da obra, não havendo tempo “para descer”, como disse Neemias (Ne 6:3).

V – O EXERCÍCIO DA COMUNHÃO:

• No amor ao irmão mais fraco, que depende de ajuda para manter-se de pé (Rm 14:1, 13).

• No companheirismo que honra o próximo ao invés de si mesmo (Rm 12:10).

• Na solidariedade que assiste o irmão necessitado (Gl 6:10).

• Na prática da justiça que não toma para si o que é de outrem (Tg 5:4).

• No uso da misericórdia que aplaca o juízo (Tg 2:13).

• No cuidado para com os que sofrem (Rm 12:15).

• Na ausência de inveja quanto aos companheiros que galgam patamares mais altos na jornada (Tg 3:14-16).

• Na semeadura da paz que mina os facciosos e promove a unidade entre todos.

VI – CONSIDERAÇÕES FINAIS:

• Leiamos I Cor 12:12-30 e façamos um esboço com o seguinte tema:

• “FAZEMOS A COMUNHÃO ACONTECER…”

• (1) - … QUANDO ENTENDEMOS QUE A IGREJA É FORMADA DE PESSOAS DIFERENTES - I Cor 12:12.

• (2) - … QUANDO ENTENDEMOS QUE A BASE DA COMUNHÃO É A FÉ - I Cor 12:13

• (3) - … QUANDO ACEITAMOS A DIVERSIDADE DE DONS E MINISTÉRIOS NA IGREJA - I Cor 12:14-20, 28-30 - Para igreja ser o que ela é e alcançar o mundo todo, precisa ser bem eclética! Precisamos admitir que todos membros do Corpo de Cristo tem sua função e importância dentro do plano maior de Deus em salvar o mundo.

• (4) - … QUANDO ENTENDEMOS QUE NÃO EXISTEM MEMBROS DESONRADOS NA FAMÍLIA DE DEUS - I Cor 12:22-23 cf Sl 16:3 - Todos os santos são ilustres e notáveis diante de Deus.

• (5) - … QUANDO TEMOS CUIDADO COM A VIDA DO IRMÃO - I Cor 12:25-26 - A Igreja é lugar de encorajamento! Sejamos um encorajador do nosso irmão. A palavra encorajadora tem um poder que não imaginamos! O rendimento de pessoas encorajadas e motivadas é impressionante!

• SE CADA UM DE NÓS TOMAR ESTAS INICIATIVAS PESSOAIS EM NOSSA VIDA, ALCANÇAREMOS A COMUNHÃO CRISTÃ NA IGREJA!

FONTES DE CONSULTA:

(1) - Dicionário Teológico – CPAD – Claudionor de Andrade

(2) - Mil Esboços Bíblicos – Editora Evangélica Esperança – George Brinke

(3) - Teologia Sistemática – CPAD – Eurico Bergstén

(4) - Estudo Bíblico: “Quem sabe, faz a comunhão; não espera acontecer” – de Carlito Paes

Publicado no Blog Escola Bíblica Dominical para Todos

converter em pdf.

Comente.